Os dois lados

Deste lado tem meu corpo tem o sonho tem a minha namorada na janela tem as ruas gritando de luzes e movimentos tem meu amor tão lento tem o mundo batendo na minha memória tem o caminho pro trabalho. Do outro lado tem outras vidas vivendo a minha vida tem pensamentos sérios me esperando na sala de visitas tem minha noiva definitiva me esperando com flores na mão tem a morte, as colunas da ordem e da desordem ...

Ler mais

O encontro

Em redor, o vasto campo. Mergulhado em névoa branda, o verde era pálido e opaco. Contra o céu, erguiam-se os negros penhascos tão retos que pareciam recortados a faca. Espetado na ponta da pedra mais alta, o sol espiava atrás de uma nuvem. “Onde, meu Deus?! – perguntava a mim mesma – Onde vi esta mesma paisagem, numa tarde assim igual?” Lygia Fagundes Telles Era a primeira vez que eu pisava naquele lugar. N ...

Ler mais

Os anos são degraus

“Os anos são degraus, a Vida a escada. Longa ou curta, só Deus pode medi-la. E a Porta, a grande Porta desejada, só Deus pode fechá-la, pode abri-la. São vários os degraus; Alguns sombrios, outros ao sol, na plena luz dos astros, com asas de anjos, harpas celestiais. Alguns, quilhas e mastros nas mãos dos vendavais. Mas tudo são degraus; tudo é fugir à humana condição. Degrau após degrau, tudo é lenta ascen ...

Ler mais

Com licença

Quando nasci um anjo esbelto, desses que tocam trombeta, anunciou: vai carregar bandeira. Cargo muito pesado pra mulher, esta espécie ainda envergonhada. Aceito os subterfúgios que me cabem, sem precisar mentir. Não sou feia que não possa casar, acho o Rio de Janeiro uma beleza e ora sim, ora não, creio em parto sem dor. Mas o que sinto escrevo. Cumpro a sina. Inauguro linhagens, fundo reinos — dor não é am ...

Ler mais

Amar

Que pode uma criatura senão, entre criaturas, amar? amar e esquecer, amar e malamar, amar, desamar, amar? sempre, e até de olhos vidrados, amar? Que pode, pergunto, o ser amoroso, "Back where you belong". Jack Vettriano. sozinho, em rotação universal, senão rodar também, e amar? amar o que o amar traz à praia, o que ele sepulta, e o que, na brisa marinha, é sal, ou precisão de amor, ou simples ânsia? Amar s ...

Ler mais

O voo

Goza a euforia do voo do anjo perdido em ti Não indagues se nossas estradas, tempo e vento desabam no abismo. que sabes tu do fim... Se temes que teu mistério seja uma noite, enche-o de estrelas conserva a ilusão de que teu voo te leva sempre para mais alto no deslumbramento da ascensão se pressentires que amanhã estarás mudo, esgota como um pássaro as canções que tens na garganta canta, canta para conserva ...

Ler mais

Poema

Repousarei na tua memória a minha imagem quando chegar a noite e o vento me arrastar para os largos espaços repousarei na tua memória a minha imagem. E estarei em ti pousado, como a cor na superfície dos mares; e estarei em ti como a emoção nas lágrimas;e estarei em ti como a saudade nos olhos imóveis. Irá da minha imagem para a tua compreensão o sentimento do meu mistério o ignorado segredo dos movimentos ...

Ler mais

© 2012 - 2017 Mensagens e Reflexões. Todos os direitos reservados. Glorificamos ao Senhor Jesus!

Voltar para o topo
Mensagens e Reflexoes