Você está aqui:Home » Mensagens » O marido perfeito

O marido perfeito

maridoquaseperfeitoUma esposa estava muito infeliz.

Ela amava o seu marido e ele a amava de paixão.

Mas por causa dos afazeres do dia-a-dia, do trabalho, da rotina, dos problemas cotidianos, aquela esposa decidiu que queria a separação.

Depois de muito insistir e conversar com o marido, ele concordou com uma condição e disse: “Eu te amo, não quero me divorciar de você.

Eu posso te fazer feliz.

Mas já que você quer a separação, eu te darei o divórcio, porém, com uma condição.

Quando nós nos casamos, fizemos uma festa, um grande banquete.

Na nossa separação, eu também quero uma festa e com todos os convidados.

E como condição final, eu quero levar de volta para a casa do meu pai uma coisa da nossa casa.

Aquilo que mais me agradar eu levarei”.

A esposa concordou imediatamente com a proposta do marido.

Ela ficaria com a casa, com todos os bens, e o marido levaria somente uma coisa.

Então, fizeram o banquete da separação.

Era o oposto da festa de casamento.

A esposa estava radiante, pois iria se divorciar e nunca alguém havia feito uma festa de separação.

O esposo, sempre triste no canto, não se divertindo, nem comendo ou bebendo, e olhando o tempo todo para a esposa, e amando com um amor que jamais um homem teve por uma mulher.

As horas foram se passando, então, a esposa se aproxima do marido e diz: “Querido, estamos fazendo a festa conforme você pediu.

Como as horas estão passando, acho que você deve escolher imediatamente aquilo que você quer levar desta casa”.

O marido disse à mulher: “Ainda é cedo.

Eu estou pensando no que eu levarei”.

A festa prosseguiu e a esposa chegou novamente ao marido e disse: “Querido, escolha o que você mais gostaria de levar desta casa, porque eu já estou ficando cansada”.

E o marido falou: “Não, eu ainda estou pensando o que levarei”.

E o tempo foi passando até que a esposa pegou no sono.

O marido esperou que ela dormisse profundamente, tomou-a nos seus braços e a levou para a casa do seu pai.

Quando acordou, ela disse: “O que estou fazendo aqui?

Por que eu não estou na minha casa?

Por que você trouxe-me aqui para a casa do seu pai?”.

O esposo apaixonado, sentindo um certo constrangimento, com os olhos abaixados, respondeu: “O nosso combinado foi que eu escolhesse uma coisa para trazer comigo.

E não há nada que eu ame mais do que você”.

Ao ouvir o marido, a esposa sentiu uma grande emoção.

Novamente o amor latejou no seu coração.

O marido levantou os olhos e olhou profundamente para ela e ela para ele.

A mulher abraçou o esposo e disse: “Nunca mais, passe o tempo que passar, aconteça o que acontecer, eu jamais me separarei de ti porque o teu amor tem me conquistado.

E eu quero aprender a te amar do jeito que você me ama”.

Nesta Ilustração, o esposo é o Senhor Jesus; a esposa é a igreja.

Muitas vezes a igreja está separada do seu marido, adorando festa, a companhia de homens, o convívio social.
E quando o marido vê, isto é, quando Cristo vê a esposa, isto é, a igreja se entretendo com as coisas do mundo, Ele fica triste e não participa disso.
Ele observa de longe. Mas só existe uma coisa que Ele quer intensamente, com todo o seu amor, com todo o seu coração; a única coisa que Ele deseja é levar a noiva, a esposa, para a casa do Pai.
E você já entendeu que o Pai é Deus.

Um dia acontecerá que esta noiva, esta esposa, estará na casa do Pai, despertará e verá à sua frente o esposo amado e compreenderá que foi amada incondicionalmente, como nunca jamais alguém a amou.

Então, esta esposa que foi tão ingrata vai aprender o que é amar e será conquistada pelo seu amor, e será constrangida pelo amor de Jesus Cristo, e fará aquela declaração de amor, não um amor somente “até que a morte os separe”, porque a morte não existirá mais, mas uma declaração de amor que perdurará por toda a eternidade.

Ilustrações do Reino de Deus com o Pr. Juanribe Pagliarin

© 2012 Desenvolvido por Mensagens e Reflexões, Todos os direitos reservados.

Voltar para o topo